O que é Estimulação Magnética ?

 

Imagem Exemplo A Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (também conhecida como EMTr) é uma nova técnica para o tratamento de doenças psiquiátricas. O objetivo da EMTr é estimular áreas específicas do cérebro, relacionadas à depressão e outras doenças. A estimulação é feita por meio de pulsos magnéticos gerados por um equipamento desenvolvido para esta técnica. A Estimulação Magnética é um tratamento capaz de gerar mudanças controladas nos neurônios (células do sistema nervoso responsáveis pela condução do impulso nervoso) de regiões específicas do cérebro, ativando-os ou inibindo-os, de acordo com o objetivo terapêutico.

O tratamento é feito por uma série de sessões em que o paciente recebe os estímulos. O número de sessões é determinado pelo psiquiatra que avalia cada caso. A técnica não é invasiva e quase não apresenta efeitos colaterais, alguns pacientes sentem uma leve sensação de desconforto, principalmente nas primeiras sessões, e dor de cabeça passageira após as aplicações. Cada aplicação dura cerca de 30 minutos, as primeiras aplicações são realizadas diariamente, com intervalo aos domingos ou finais de semana.

 

Como surgiu:

A origem da EMTr está no século 19. Em 1896, o médico, físico e inventor francês Jacques-Arsène D'Arsonval começou a pesquisar os efeitos do magnetismo sobre as emoções.
Nos anos 40, começaram as pesquisas com estímulos magnéticos na fisiologia animal. O primeiro equipamento estimulador magnético semelhante ao que é utilizado hoje surgiu em 1975 na Grã-Bretanha. Nos anos 90, a técnica começou a ser pesquisada e utilizada em estudos nos Estados Unidos. Em 1992, a Estimulação Magnética começou a ser aplicada na psiquiatria com resultados surpreendentes no tratamento da depressão, esquizofrenia e outras doenças.

 

Imagem Exemplo A Estimulação Magnética já foi extensamente pesquisada e seus benefícios continuam sendo estudados. A técnica foi aprovada pela FDA (Food and Drug Administration), agência reguladora dos EUA, em 2008 e no Canadá em 2002. No Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) regulamentou o uso do aparelho de Estimulação Magnética em março de 2006. Atualmente são mais de três mil equipamentos em todo o mundo utilizados para diagnóstico, pesquisas e tratamentos terapêuticos.

 

A reunião da CÂMARA TÉCNICA PERMANENTE DA CBHPM, realizada em 14 de Dezembro de 2012, na sede da associação médica Brasileira, em São Paulo, aprovou a inclusão na CBHPM do procedimento “EMT – Estimulação Magnética Transcraniana Superficial (repetida)”, código 2.01.04.41-3, porte 3C e custo operacional de 5,300, com a seguinte Diretriz de Utilização:

 

Critérios que devem ser seguidos para sua indicação:

a) Preenchimento de Termo de Consentimento (paciente e responsável)

b) Definição de diagnóstico: - Depressão - CID-10: F06.3, F34, F34.8, F34.9, F38.0, F38.1, F38.8, F39, F31 .3, F31.4, F31.5, F31.7 e F31.9

- Alucinações auditivas em esquizofrenia – CID-10: F20.1, F20.2, F20.3, F20.5, F20.6 e F20.9

 

Observações:

Este procedimento está indicado para pacientes com depressões que não responderam a uma tentativa com uma droga antidepressiva, por um período de quatro semanas.


Inicialmente o paciente tem indicação de 12 (doze) sessões e deverá passar por uma reavaliação médica. Caso necessário, o número de sessões poderá ser estendido de 20 (vinte) até 30 (trinta) sessões.


Em caso de necessidade de tratamento de manutenção, este poderá ser realizado a cada 7 a 10 dias, por um período máximo de três meses.


Pacientes com alucinações auditivas que não, responderam ao tratamento com duas classes de antipsicóticos, por pelo menos três semanas, para cada grupo de drogas neurolépticas.


Nesse caso são indicadas 10 sessões e o paciente reavaliado, caso necessário, o tratamento poderá se estender até 20 (vinte) sessões. Em caso de necessidade de tratamento de manutenção, este poderá ser realizado a cada 7 a 10 dias, por um período máximo de três meses.

 

Contraindicações:

a) Epilepsia de difícil controle;
b) Hipertensão intracraniana;
c) Implante cerebral profundo;
d) Hemorragia cerebral recente.

 

 

 

 

 

PSICAM Clínica de Psicoterapia Integrada Com Abordagem Múltipla

Av. Higienópolis, 70 - Sala 73 - 7º Andar - Londrina - PR

(43) 3028-0805



Desenvolvido por:
SS Tecnologia Ltda. (43) 3025-2464